Arquivo da tag: construção civil

Apresentação de Trabalhos

A apresentação de Trabalhos estará dividida em duas etapas:

1 – Casa Experimental

2 – Iniciação Científica

 

Casa experimental

A Casa Experimental é um Grupo de Estudos da Engenharia Civil que te como proposta estudar a viabilidade de construir uma casa sustentável no Campus do UniBrasil.

Para tanto, o Grupo se reúne todas as quartas-feiras no Bloco 9, na sala do GPEC (Grupos de Estudos em Engenharia Civil), as 15h00, e fará uma apresentação sobre estas discussões no dia 20/10/2016 em dois horário:

Manhã – 8h00 – Auditório Bloco 4

Noite – 19h00 – Sala 47 – Bloco 3

Iniciação Científica

O curso possui um projeto de Iniciação Científica, realizado pela aluna Gabriela de Nardi, com o título de:

A implantação do desenvolvimento sustentável nas empresas de Engenharia

 

ORGANIZAÇÃO DA APRESENTAÇÃO

8h00/19h00 – Recepção dos alunos

8h10/19h10 – Início da Apresentação – Coordenadora do curso Adriana Tozzi

8h20/19h20 – Apresentação Equipe Fundações

8h35/19h35 – Apresentação Equipe Cobertura

8h50/19h50 – Apresentação Cisterna

9h05/20h05 – Apresentação paredes sustentáveis

9h20/20h20 – Apresentação A implantação do desenvolvimento sustentável nas empresas de Engenharia

 

Anexo I – Edital GPEC 001/2014

ANEXO 1

EDITAL GPEC 001/2014

GPEC – Grupo de Pesquisa da Engenharia Civil

 

Os temas propostos para o PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONALDE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROIINC 2015) são:

Tema 1:  Análise do conforto ambiental do campus das Faculdades Integradas do Brasil

Será analisado o campus das Faculdades Integradas do Brasil do ponto de vista do conforto térmico, luminoso e acústico da edificação em seus ambientes interiores e exteriores. Ambientes confortáveis geram ambientes saudáveis para os alunos e aumentam a produtividades de professores e alunos.

Objetivo:

Avaliar, por meio de medições e simulações computacionais, o quanto o ambiente universitário das Faculdades Integradas do Brasil é considerado confortável do ponto de vista térmico, luminoso e acústico. Este estudo também visa propor melhorias com objetivo de obter ou melhorar o conforto interno das edificações estudadas.

Tema 2:  Modelagem de piso tátil

Desenvolvido para projetos de acessibilidade, de acordo com a norma ABNT NBR 9050, o piso tátil possui superfície de relevo, contrastante com o piso adjacente tanto tátil como visualmente, que orientam pessoas com deficiência visual. São formados por placas e aplicados em diversos locais públicos. Com a necessidade de tornar o piso tátil mais acessível às empresas, acredita-se que criar um molde de fácil manuseio e de acordo com a norma vigentes poderia ajudar as empresas a implantarem as placas de maneira mais fácil e econômica.

Objetivo:

Modelar em software dois modelos de placas do piso tátil: Direcional, com linhas longitudinais em relevo para demarcar a direção; e Alerta, formada por superfícies tipo moeda para indicação de mudança de direção a ser seguida. Utilizar três materiais diferentes.

Tema 3: Reciclagem de resíduos na Construção Civil

Com a intensa industrialização, crescimento populacional e aumento de pessoas em centros urbanos, os resíduos se transformaram em um grave problema de gerenciamento oneroso e complexo considerando-se volume e massa acumulados, principalmente após 1980. Os problemas se caracterizavam por escassez de área de deposição de resíduos causadas pela ocupação e valorização de área urbanas, altos custos sociais no gerenciamento de resíduos, problemas de saneamento público e contaminação ambiental.

São benefícios da reciclagem na construção civil: redução no consumo de recursos naturais não renováveis; redução de áreas necessárias para aterro; necessidade da própria reciclagem dos resíduos de construção e demolição, que representam mais de 50% da massa dos resíduos sólidos urbanos; redução do consumo de energia durante o processo de produção, dentre outros.

Objetivo:

Estudar as metodologias existentes de reciclagem de resíduos na construção civil e apresentar as vantagens e desvantagens para as empresas do setor.

parafuso Parabolt

Os chumbadores mecânicos, também conhecidos como parabolts, têm bitolas e comprimentos variados e fixam por meio de expansão gerada por torque ou percussão. A ancoragem de expansão por torque envolve o uso de barras roscadas ou parafusos (com roscas internas e externas) que se fixam ao furo por meio de atrito. Nos chumbadores por percussão, a fixação acontece por meio da expansão da ponta do parabolt no substrato, provocada pela energia de impacto.  FONTE: Walsywa

parabolt