Arquivos da categoria: construção civil

CERTIFICAÇÃO DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS

SEJA UM CONSULTOR PARA CERTIFICAÇÃO DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS

Curso de Certificação para Construções Sustentáveis AQUA – HQE

AQUA – Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil
Módulo SGE – Sistema de Gestão do Empreendimento (8 horas/aula)

Data: 24 de abril de 2015
Horário: 8h30 as 12h30 / 14h as 18h
Local: Escritório Verde da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Av. Silva Jardim, 807 – Curitiba – PR
Pré-Inscrições pelo email: escritorioverdeonline@gmail.com ou tel: (41) 3324-2343

O Processo AQUA é a adaptação para o Brasil da “Démarche HQE”, da França, sob a coordenação da Fundação Vanzolini (USP, São Paulo), sendo o primeiro processo de certificação sustentável para a construção civil implantando no país com mais de 150 edifícios certificados.

Dirigido para arquitetos, engenheiros civis e ambientais, o curso compreende apresentação teórica, acompanhada de estudos de casos, simulações de auditorias e trabalhos práticos. Cada participante terá oportunidade de vivenciar situações reais de auditoria.

O certificado é emitido pela Fundação Vanzolini.

Ministrante: Eng. Civil Clarice Menezes Degani (UFU-SP, 1998), Doutora em Engenharia de Construção Civil e Urbana (USP-SP, 2010); Auditora Ambiental ISO 14.000 (Fundação Vanzolini, 2004); Formação no Processo AQUA (França, 2004); Consultora Técnica para adaptação dos referencias técnicos do AQUA para o Brasil desde 2007; Auditora AQUA (Fundação Vanzolini, 2008).

Investimento:
Profissionais: R$200,00
Estudante de graduação: R$120,00 (vagas limitadas)

Palestra Inovatec System

Acontece amanhã, dia 21/08, as 19h00, a palestra sobre o sistema construtivo Inovatec System, utilizado pela Inepar Triunfo, empresa que atua no mercado como empreendedora, construtora, fornecedora e parceira de construtoras. 

triunfo

Atualmente, a Inepar utiliza com exclusividade no Brasil a tecnologia Inovatec System, que utiliza para a execução de paredes painéis estruturais monolíticos de poliuretano com densidade de 35kg/m³ a 45kg/m³, revestidos em ambas as faces com compósito reforçado com fibra de vidro.

painel

A consolidação dos painéis que conformam as paredes é providenciada por meio de
colagem aos perfis pultrudados tipo U (perfis estruturais constituídos por resina líquida e fibra de vidro como reforço. A fabricação se dá por meio de sistema de pultrusão), os quais são fixados na fundação por meio de parafusos metálicos do tipo “parabolt”.

perfilU

A conexão entre os painéis de parede e respectivos complementos (oitões) é viabilizada por meio de colagem a perfis pultrudados tipo H.

O fechamento da unidade residencial é realizado por meio de cobertura em duas águas, composta pelo mesmo tipo de painel que constitui as paredes, colados com adesivo a base de resina epóxi.

As paredes internas, face interna das paredes externas e face interna dos painéis de cobertura, com exceção daquelas que constituem o banheiro e a cozinha, são revestidas com placas de gesso acartonado do tipo resistente ao fogo (RF), fixadas por meio de parafusos metálicos.

As faces internas das paredes do banheiro e cozinha são revestidas com placas cerâmicas assentadas diretamente sobre o painel com auxílio de argamassa industrializada do tipo ACII.

O acabamento final das paredes internas (exceto aquelas que receberam revestimento
com placas cerâmicas) é realizado por meio de aplicação de pintura de base acrílica.

O sistema pode ser utilizado para construir casas térreas, sem a possibilidade de ampliação vertical da unidade, apenas horizontal.

O palestrante é o arquiteto Newton Fernando de Oliveira, que tem no seu currículo projetos como o Aeroporto de Florianópolis e o Terminal de Carga e Descarga da Infraero.

A palestra será realizada no Auditório do Bloco 4 e vale atividade complementar.

parafuso Parabolt

Os chumbadores mecânicos, também conhecidos como parabolts, têm bitolas e comprimentos variados e fixam por meio de expansão gerada por torque ou percussão. A ancoragem de expansão por torque envolve o uso de barras roscadas ou parafusos (com roscas internas e externas) que se fixam ao furo por meio de atrito. Nos chumbadores por percussão, a fixação acontece por meio da expansão da ponta do parabolt no substrato, provocada pela energia de impacto.  FONTE: Walsywa

parabolt