Arquivos da categoria: Notícias

Oferta de disciplina em regime especial

Prezados alunos,

Conforme Edital 09/2017-SG, a Escola de Engenharias estará ofertando as seguintes disciplinas para serem cursadas nas férias, na forma presencial:

a) Cálculo Diferencial e Integral II (80h)

b) Física I (80h)

Para mais informações, consultar EDITAL.

Estágio

O Ministério Público do Estado do Paraná esta ofertando 1 (uma) vaga de estágio de graduação no curso de Engenharia Civil, para atuação no Centro de Apoio Operacional às promotorias de Justiça de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso – CAOP PcD e Idoso, no tema acessibilidade predominantemente.

O candidato interessado deverá se submeter a processo seletivo regulado pelo edital 001/2017, com inscrições no período compreendido entre os dias 15/02/17 e 10/03/17.

ATIVIDADES DA OFICINA DE ACESSIBILIDADE

 

Já conhece a norma de Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos? Então acesse: ABNT NBR9050.

 

ATIVIDADES DA OFICINA DE ACESSIBILIDADE

Quinta-feira, 20/10/2016

Manhã – 10h00

Noite – 21h00

  1. Análise em área designada pela Comissão de Acessibilidade (com fotos). Para saber qual área foi designada para qual equipe, acesse EQUIPES.
  2. Responder as seguintes perguntas:

Sexta-feira, 21/10/2016

Manhã – 8h00

Noite – 19h00

  1. As equipes devem propor ações de melhoria para os itens analisados (apresentação). O arquivo da apresentação pode ser obtido na página da PROPPEX em “COMUNICAÇÕES CIENTÍFICAS (para docentes e alunos da graduação e pós-graduação). (Modelo de Apresentação .ppt)

Manhã – 10h00

Noite – 21h00

  1. As equipes devem apresentar o trabalho em power point.

Monitoria 2016/2

Todas as monitorias são ofertadas das 18H00 ÀS 18H50

Monitoria de CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I
Dia: 4ªs feiras
Local: SALA 101 Bloco 4

Monitoria de FÍSICA I e II
Dias: 3ªs, 4ªs e 5ªs feiras
Local: SALA 100 Bloco 4

Monitoria de TERMODINÂMICA TÉCNICA I
Dias: 2ªs e 4ªs feiras
Local: SALA 99 Bloco 4

Monitoria de RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS I
Dia: 3ªs feiras
Local: SALA 101 Bloco 4
Dia: 4ªs feiras
Local: SALA 102 Bloco 4

Monitoria de CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II
Dia: 2ªs, 6ªs feiras
Local: SALA 100 Bloco 4
Dia: 3ªs, 4ªs feiras
Local: SALA 102 Bloco 4
Dia: 5ªs feiras
Local: SALA 101 Bloco 4

Edital de Intercâmbio

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL – UNIBRASIL

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS – PROPPEx

EDITAL Nº 09/2016

CONVOCATÓRIA PARA CANDIDATURA À BOLSA DE INTERCÂMBIO DO UNIBRASIL PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017

 

Com o objetivo de estimular o intercâmbio acadêmico, o Centro Universitário Autônomo do Brasil – UNIBRASIL – está oferecendo bolsas para o desenvolvimento dessa atividade. As bolsas consistem na isenção do pagamento da mensalidade do curso em que o aluno esteja matriculado, durante um ou dois semestres letivos.

O Intercâmbio Acadêmico se realiza em universidades conveniadas com o Centro Universitário Autônomo do Brasil, onde o(a) aluno(a) cursa disciplinas equivalentes às do currículo de seu curso. No retorno, as disciplinas são incorporadas ao histórico escolar, após avaliação do Colegiado.

Para candidatar-se à bolsa de intercâmbio é necessário:

I. Estar regularmente matriculado (a) em um curso de graduação ou de pós-graduação stricto sensu (mestrado) do UniBrasil Centro Universitário no período letivo da candidatura.

II. Ter cursado ao menos 25% (vinte e cinco por cento) das disciplinas do curso respectivo, independentemente da duração do curso (no caso de alunos transferidos, exigem-se, no mínimo, dois semestres cursados no UniBrasil.

III. Não finalizar a graduação durante o intercâmbio,

IV. Todo aluno(a) que realizar intercâmbio cursará, no mínimo, mais um semestre no UniBrasil Centro Universitário.

V. Apresentar um Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) igual ou superior a 70% (setenta por cento).

VI. Não possuir disciplina em dependência.

 

Na página web do UniBrasil Centro Universitário, http://www.unibrasil.com.br, na seção Coordenação da Cooperação Internacional e Intercâmbio, podem ser encontradas maiores informações, como a lista de universidades conveniadas, o formulário de inscrição e as resoluções sobre intercâmbio. Inscrições de 8 agosto a 12 de setembro de 2016, na Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários – PROPPEX.

Documentos necessários: Formulário de inscrição (disponível no site), Histórico Acadêmico atualizado, Curriculum Vitae e Comprovante de Proficiência no idioma do país em que deseja fazer o intercâmbio (exceto para Portugal).

Informações na PROPPEx, Bloco 1, 1º andar

Tels. (41) 3361-4218 / 3361-4332

E-mail: pesquisaextensão@unibrasil.com.br

 

Curitiba, 01 de agosto de 2016

Somos todos poeira cósmica

Dia 11 de maio serão completados vinte anos do discurso épico de Carl Sagan, motivado por uma foto da Voyager que mostra a Terra como um pequeno ponto de luz no Universo.

O discurso trata da nossa insignificância. Somos todos poeira cósmica.

Vale a pena a reflexão em tempos de tanta violência contra o outro, contra o pensamento diferente.

Segue a tradução do discurso, e ao final, o link do video.

“Olhem de novo para esse ponto. Isso é a nossa casa, isso somos nós. Nele, todos a quem ama, todos a quem conhece, qualquer um dos que escutamos falar, cada ser humano que existiu, viveu a sua vida aqui. O agregado da nossa alegria e nosso sofrimento, milhares de religiões autênticas, ideologias e doutrinas econômicas, cada caçador e colhedor, cada herói e covarde, cada criador e destruidor de civilização, cada rei e camponês, cada casal de namorados, cada mãe e pai, criança cheia de esperança, inventor e explorador, cada mestre de ética, cada político corrupto, cada superestrela, cada líder supremo, cada santo e pecador na história da nossa espécie viveu aí, num grão de pó suspenso num raio de sol.

A Terra é um cenário muito pequeno numa vasta arena cósmica. Pensai nos rios de sangue derramados por todos aqueles generais e imperadores, para que, na sua glória e triunfo, vieram eles ser amos momentâneos duma fração desse ponto. Pensai nas crueldades sem fim infligidas pelos moradores dum canto deste pixel aos quase indistinguíveis moradores de algum outro canto, quão frequentes as suas incompreensões, quão ávidos de se matar uns aos outros, quão veementes os seus ódios.

As nossas exageradas atitudes, a nossa suposta auto-importância, a ilusão de termos qualquer posição de privilégio no Universo, são raptadas por este pontinho de luz tênue. O nosso planeta é um grão solitário na grande e envolvente escuridão cósmica. Na nossa obscuridade, em toda esta vastidão, não há indícios de que vá chegar ajuda de algures para nos salvar de nós próprios.

A Terra é o único mundo conhecido, até hoje, que alberga a vida. Não há mais algum, pelo menos no próximo futuro, onde a nossa espécie puder emigrar. Visitar, pôde. Assentar-se, ainda não. Gostarmos ou não, por enquanto, a Terra é onde temos de ficar.

Tem-se falado da astronomia como uma experiência criadora de firmeza e humildade. Não há, talvez, melhor demonstração das tolas e vãs soberbas humanas do que esta distante imagem do nosso miúdo mundo. Para mim, acentua a nossa responsabilidade para nos portar mais amavelmente uns para com os outros, e para protegermos e acarinharmos o ponto azul pálido, o único lar que tenhamos conhecido.”

Leia mais: http://www.ndig.com.br/item/2014/06/um-ponto-plido-azul—nova-verso-atualizada#ixzz44D3bbGdf

Prêmio Sanepar

Prêmio nacional distribui R$ 75 mil para pesquisas sobre energia e saneamento

Texto enviado pela Assessoria de Imprensa da Sanepar

saneparlogo

 

Sanepar quer estimular a busca por soluções sustentáveis para o principal insumo do setor: a energia elétrica

Estudantes de graduação, especialização, mestrado ou doutorado que tenham desenvolvido pesquisa sobre eficiência energética no saneamento podem concorrer aos R$ 75 mil do Prêmio Sanepar de Tecnologias Sustentáveis (PSTS). As inscrições vão até 15 de junho e devem ser feitas pelo site: http://premio.sanepar.com.br

Serão premiados os seis melhores trabalhos acadêmicos com valores em dinheiro e com a publicação de um livro, previsto para ser lançado em 2017. O Prêmio está em sua primeira edição e é promovido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Segundo o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, a empresa pretende estimular a pesquisa na área e encontrar soluções sustentáveis para a conservação, a racionalização e a produção de energia, um dos principais insumos do setor de saneamento.

“De modo geral, todas as empresas de saneamento possuem instalações que demandam alto consumo de energia, o que gera muitos custos. Portanto, esse prêmio, que busca soluções sustentáveis para a relação energia e saneamento pode ajudar todo o setor”, diz Chaowiche. Ele informou que a Sanepar, com cerca de 11 milhões de clientes, consumiu 682,9 gigawatts-hora (GWh) de energia elétrica em 2014 a um custo de R$ 206 milhões. Em 2015, o consumo de energia foi de 676,7 GWh, mas a Sanepar pagou R$ 390,8 milhões, 89% a mais do que no ano anterior.

O diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Glauco Requião, explica que a discussão atual sobre a questão enérgica se deve às incertezas sobre sua disponibilidade e devido aos significativos aumentos tarifários. “É imprescindível pensar em ações que reduzam impactos ambientais, que minimizem emissões de gases de efeito estufa e que permitam um uso mais inteligente dos recursos financeiros pelas companhias de saneamento”, explica.

PRÊMIO – As inscrições estão abertas em duas categorias: uma para graduação e especialização e outra para alunos de mestrado e doutorado. Os resultados finais serão conhecidos em 23 de janeiro de 2017, quando a Sanepar comemora 54 anos de fundação.

Aplicativos para engenharia

Texto publicado em O Povo online

Para facilitar a vida do estudante de qualquer área da engenharia, o site do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Ceará (Senge.Ce), publicou na segunda-feira, 7, um manual intitulado: “Seis aplicativos que todo estudante de engenharia deveria conhecer”. Como bônus, o site ainda indicou o uso do Wolfram Alpha, que é conhecido como o app “de cálculos matemáticos mais completos do planeta”.

São eles:

MyScript Calculator – Calculadora com texto escrito à mão

Este aplicativo é considerado “uma mão na roda” por resolver contas complexas de forma rápida. Para usá-lo, o estudante escreve a expressão na tela com o próprio dedo. O app reconhece o toque automaticamente e o transforma em texto. Suporta diversos tipos de operações, dentre elas: +, -, x, ÷, + / -, 1 / x, Diversos.!%, √, x, | X |, %u212F x, xy, x2, cos, sin, tan, acos, asin, atan, LN, LOG, π, %u212F, Phi.

Autodesk ForceEffect

Recomendado para uso profissional, ele também serve como auxílio nos estudos de isostática, mecânica dos fluídos e teoria das estruturas. Permite o desenho de estruturas à mão livre, bem como o posicionamento de apoios móveis, fixos e engastes, cargas pontuais e distribuídas e gera os diagramas de esforços solicitantes das estruturas. De acordo com a publicação, este app ainda tem funções que ainda não foram descobertas. Ele é considerado como um Ftoll mobile.

Autodesk® AutoCAD 360

Este aplicativo é a versão mobile do software mais popular de desenhos na plataforma CAD. Permite a visualização e edição de projetos em 2D e 3D (duas e três dimensões), armazenamento de projetos na nuvem (AutoCAD 360 online account), compartilhamento de projetos com outros usuários da AutoCAD 360. Existe também a versão Pro do app que funciona na forma de assinatura (mensal ou anual).

Integral Step-by-Step Calculator

Traduzindo para o português, o app é uma calculadora de integrais com resolução passo a passo. De acordo com a postagem, o interessante desse aplicativo é que ele não precisa de conexão com a internet para funcionar. Ele é recomendado, principalmente, para quem estar cursando cálculo I, II, III ou IV, disciplinas comuns às engenharias.

Calculus Tools

É um aplicativo simples de ser utilizado. Basicamente, calcula derivadas/integrais e também plota gráficos de funções.

Phy – Physics formulas and calculator

Este aplicativo oferece uma calculadora científica e conta com mais de 120 fórmulas que cobrem as maiores áreas da física.

Exposição fotográfica MON

Se você mora ou está visitando Curitiba, vale a pena conferir as exposições do Museu Oscar Niemeyer MON.

Dentre elas, a exposição fotográfica “Museu em construção” retrata o início do Novo Museu até sua inauguração como Museu Oscar Niemeyer. A mostra é um registro do fotógrafo Nani Gois, um dos mais respeitados fotógrafos do Paraná e do país, que retratou durante seis meses toda a beleza e força do período de construção do Museu. “Eu vinha fotografar a cada semana e pude acompanhar todas as modificações, cheguei até a parar a obra para tirar uma foto dos funcionários”. Gois ainda diz que foi muito prazeroso fazer esse trabalho. “Não existe prêmio mais gratificante do que retratar uma obra tão importante quanto essa”.

Para Estela Sandrini, diretora do MON, as pessoas que construíram o museu deixaram um pouco delas aqui, e as pessoas que aqui estão todos os dias ajudam, diariamente, nessa construção. “Essa dedicação é o que faz o MON ser um sonho concretizado. Aqui, a propagação do universo da arte cria uma narrativa única e especial, que já faz parte da nossa história”.

Escola de Engenharias recebe Marcos José Tozzi da ABENGE

Texto originalmente publicado em: página UniBrasil

A Escola de Engenharias do UniBrasil Centro Universitário recebeu no dia 22/02/2016, no auditório René Dotti, a palestra com o professor Doutor Marcos José Tozzi.  Com o tema “O tozziEnsino de Engenharia e seus Atores Principais”, o convidado falou sobre a importância do papel do profissional de engenharia na sociedade. O evento contou com a presença dos calouros dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica.  A ação, que lotou as dependências do auditório, foi organizada pela coordenadora do curso de Engenharia Civil, professora Adriana Tozzi, que  também foi a responsável em apresentar o currículo do palestrante.

Marcos José Tozzi é graduado em matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)  e formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), possui mestrado MSc In Engineering pela University of California e doutorado em engenharia pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é vice-presidente da Associação Brasileira de Ensino de Engenharia (ABENGE). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em engenharia hidráulica e na área de educação em Engenharia, atuando principalmente nos temas: usinas hidrelétricas, vertedouros em degraus, avaliação institucional e de cursos de graduação, qualidade no ensino e ensino multidisciplinar.

Segundo o convidado, a ideia da palestra foi apresentar um panorama geral da profissão e responder eventuais dúvidas dos acadêmicos. “A palestra foi dividida em quatro blocos principais: primeiro eu quis mostrar para os alunos o que os estudantes de Engenharias representam no país, quantos nós somos, quem somos. Antes de tudo é importante ter essa identificação.

Precisamos saber da nossa grandeza”, destaca.  “No segundo bloco eu falei um pouco do perfil do estudante de Engenharia. Já  no terceiro bloco eu abordei um pouco do mercado de trabalho, tanto nacional como internacional. Para finalizar eu apresentei algumas características principais que os  docentes  dos cursos de engenharia precisam possuir”, explica o palestrante. Tozzi já exerceu a função de professor nos cursos de engenharia da UFPR e da Universidade Positivo (UP).

Além dos calouros, os coordenadores dos cursos da Escola, professor Mauro Jose Kummer (Produção); Fernando Felice (Elétrica) e Fabio Schneider (Mecânica) também estiveram presentes na noite.