Arquivos da categoria: Comunicado

Edital de Intercâmbio

CENTRO UNIVERSITÁRIO AUTÔNOMO DO BRASIL – UNIBRASIL

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA, EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS – PROPPEx

EDITAL Nº 09/2016

CONVOCATÓRIA PARA CANDIDATURA À BOLSA DE INTERCÂMBIO DO UNIBRASIL PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2017

 

Com o objetivo de estimular o intercâmbio acadêmico, o Centro Universitário Autônomo do Brasil – UNIBRASIL – está oferecendo bolsas para o desenvolvimento dessa atividade. As bolsas consistem na isenção do pagamento da mensalidade do curso em que o aluno esteja matriculado, durante um ou dois semestres letivos.

O Intercâmbio Acadêmico se realiza em universidades conveniadas com o Centro Universitário Autônomo do Brasil, onde o(a) aluno(a) cursa disciplinas equivalentes às do currículo de seu curso. No retorno, as disciplinas são incorporadas ao histórico escolar, após avaliação do Colegiado.

Para candidatar-se à bolsa de intercâmbio é necessário:

I. Estar regularmente matriculado (a) em um curso de graduação ou de pós-graduação stricto sensu (mestrado) do UniBrasil Centro Universitário no período letivo da candidatura.

II. Ter cursado ao menos 25% (vinte e cinco por cento) das disciplinas do curso respectivo, independentemente da duração do curso (no caso de alunos transferidos, exigem-se, no mínimo, dois semestres cursados no UniBrasil.

III. Não finalizar a graduação durante o intercâmbio,

IV. Todo aluno(a) que realizar intercâmbio cursará, no mínimo, mais um semestre no UniBrasil Centro Universitário.

V. Apresentar um Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) igual ou superior a 70% (setenta por cento).

VI. Não possuir disciplina em dependência.

 

Na página web do UniBrasil Centro Universitário, http://www.unibrasil.com.br, na seção Coordenação da Cooperação Internacional e Intercâmbio, podem ser encontradas maiores informações, como a lista de universidades conveniadas, o formulário de inscrição e as resoluções sobre intercâmbio. Inscrições de 8 agosto a 12 de setembro de 2016, na Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários – PROPPEX.

Documentos necessários: Formulário de inscrição (disponível no site), Histórico Acadêmico atualizado, Curriculum Vitae e Comprovante de Proficiência no idioma do país em que deseja fazer o intercâmbio (exceto para Portugal).

Informações na PROPPEx, Bloco 1, 1º andar

Tels. (41) 3361-4218 / 3361-4332

E-mail: pesquisaextensão@unibrasil.com.br

 

Curitiba, 01 de agosto de 2016

Monitoria 2016/2

A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Assuntos Comunitários – PROPPEx – Centro Universitário Autônomo do Brasil – UniBrasil, no uso de suas atribuições, e em conformidade com a Resolução nº 05/2008 do CONSEP – Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, torna público o processo de seleção para o Programa Institucional de Monitoria para o segundo semestre 2016 (PROIM-2016), que ocorrerá de 01 a 20 de junho de 2016.

O curso de engenharia civil estará ofertando duas bolsas no valor de R$300, em forma de desconto na mensalidade, para monitores interessados nas seguintes disciplinas:

  • Cálculo Diferencial e Integral I
  • Física I
  • Desenho Técnico II

A disciplina mais procurada receberá a bolsa.

Interessados devem se inscrever através do e-mail civil@unibrasil.com.br até 15/06/2016.

As provas de seleção acontecerão na sexta-feira, 17/06/2016.

Os nomes selecionados deverão ser enviados à PROPPEx na forma de oficio impresso e em meio digital, até a data 23 de junho de 2016. No referido ofício os nomes dos aprovados deverão estar dispostos em ordem classificatória, por disciplina.

As Obrigações

a) Monitor(a):

  1. Disponibilizar pelo menos 10 horas semanais;
  2. Definir com o orientador(a) o Plano de Trabalho de Monitoria;
  3. Atender aos chamados do orientador(a) e da coordenação de curso, sempre que requisitado(a);
  4. Estar presente nos horários de permanência;
  5. Elaborar o relatório de encerramento da monitoria.

b) O(a) professor(a)-orientador(a) receberá o benefício do auxílio do monitor(a) no seu trabalho, para tanto deverá:

  1. Elaborar, com o monitor(a) o plano de trabalho para dar subsídio aos acadêmicos e direcionamento às atividades;
  2. Orientar o monitor(a) no desempenho das ações previstas no Plano;
  3. Definir com a Coordenação de Curso o quadro de horários do calendário de permanência dos monitores;
  4. Realizar reuniões periódicas com o monitor(a) e supervisionar o cumprimento de suas atividades;
  5. Fazer apreciação quantitativa e qualitativa do relatório do monitor(a).

Prêmio Sanepar

Prêmio nacional distribui R$ 75 mil para pesquisas sobre energia e saneamento

Texto enviado pela Assessoria de Imprensa da Sanepar

saneparlogo

 

Sanepar quer estimular a busca por soluções sustentáveis para o principal insumo do setor: a energia elétrica

Estudantes de graduação, especialização, mestrado ou doutorado que tenham desenvolvido pesquisa sobre eficiência energética no saneamento podem concorrer aos R$ 75 mil do Prêmio Sanepar de Tecnologias Sustentáveis (PSTS). As inscrições vão até 15 de junho e devem ser feitas pelo site: http://premio.sanepar.com.br

Serão premiados os seis melhores trabalhos acadêmicos com valores em dinheiro e com a publicação de um livro, previsto para ser lançado em 2017. O Prêmio está em sua primeira edição e é promovido pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). Segundo o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, a empresa pretende estimular a pesquisa na área e encontrar soluções sustentáveis para a conservação, a racionalização e a produção de energia, um dos principais insumos do setor de saneamento.

“De modo geral, todas as empresas de saneamento possuem instalações que demandam alto consumo de energia, o que gera muitos custos. Portanto, esse prêmio, que busca soluções sustentáveis para a relação energia e saneamento pode ajudar todo o setor”, diz Chaowiche. Ele informou que a Sanepar, com cerca de 11 milhões de clientes, consumiu 682,9 gigawatts-hora (GWh) de energia elétrica em 2014 a um custo de R$ 206 milhões. Em 2015, o consumo de energia foi de 676,7 GWh, mas a Sanepar pagou R$ 390,8 milhões, 89% a mais do que no ano anterior.

O diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Glauco Requião, explica que a discussão atual sobre a questão enérgica se deve às incertezas sobre sua disponibilidade e devido aos significativos aumentos tarifários. “É imprescindível pensar em ações que reduzam impactos ambientais, que minimizem emissões de gases de efeito estufa e que permitam um uso mais inteligente dos recursos financeiros pelas companhias de saneamento”, explica.

PRÊMIO – As inscrições estão abertas em duas categorias: uma para graduação e especialização e outra para alunos de mestrado e doutorado. Os resultados finais serão conhecidos em 23 de janeiro de 2017, quando a Sanepar comemora 54 anos de fundação.

MONITORIA 2016

No UniBrasil a monitoria é um serviço acadêmico de atenção ao discente no auxílio à aprendizagem, assumindo inclusive a forma de nivelamento.

A função de monitoria, remunerada ou não, é tanto despertar no corpo discente o interesse em desempenhar um papel essencial no atingimento dos objetivos pedagógicos dos cursos de graduação, em especial no tocante à resolução de problemas decorrentes do processo de ensino-aprendizagem, bem como conduzir o acadêmico ao interesse pela carreira de magistério.

O monitor vinculado a uma disciplina prestará serviços, orientado pelo professor, auxiliando os alunos no processo de ensino aprendizagem, para o domínio de conteúdos e o desenvolvimento de competências e habilidades que compõem o perfil do egresso.

São obrigações do monitor:

  • Disponibilizar pelo menos 10 horas semanais;
  • Definir com o orientador o Plano de Trabalho de Monitoria;
  • Atender aos chamados do orientador e da coordenação de curso, sempre que requisitado;
  • Estar presente nos horários de permanência;
  • Elaborar o relatório de encerramento da monitoria.

A bolsa de monitoria terá duração de março a junho de 2016, sendo vedada a renovação.

Cada bolsa terá o valor de 300,00 (trezentos) reais e será concedida na forma de desconto na mensalidade.

Alunos que possuem 100% (cem por cento) de bolsa, tendo garantida a gratuidade da mensalidade, não poderão gozar do benefício da bolsa de monitoria.

Para realizar sua inscrição como monitor, preencher o Formulário e entregar na sala dos professores da Escola de Engenharias até o dia 26/02/2016 para a secretária Rosana Corradi. Fone (41) 3361-4360

Desafio Ponte de Macarrão

O curso de engenharia civil do Centro Universitário UniBrasil promove, no dia 15 de abril de 2014, o desafio “Ponte de Macarrão”. Para participar do Desafio, os alunos de primeiro a terceiro período deverão inscrever equipes de até cinco alunos através do Formulário de Inscrição (Anexo I) até o dia 10/04/2015.

O objetivo da tarefa é a construção e teste de carga de uma ponte treliçada, utilizando macarrão do tipo espaguete e cola. A ponte deve ser capaz de vencer um vão livre de 60 cm e deve pesar no máximo 650 g.

No dia 15 de abril de 2015, é obrigatório que cada integrante do grupo doe um pacote de 500 g de massa do tipo espaguete, que será repassado posteriormente a uma instituição de caridade.

regulamento

CERTIFICAÇÃO DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS

SEJA UM CONSULTOR PARA CERTIFICAÇÃO DE EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS

Curso de Certificação para Construções Sustentáveis AQUA – HQE

AQUA – Alta Qualidade Ambiental na Construção Civil
Módulo SGE – Sistema de Gestão do Empreendimento (8 horas/aula)

Data: 24 de abril de 2015
Horário: 8h30 as 12h30 / 14h as 18h
Local: Escritório Verde da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Av. Silva Jardim, 807 – Curitiba – PR
Pré-Inscrições pelo email: escritorioverdeonline@gmail.com ou tel: (41) 3324-2343

O Processo AQUA é a adaptação para o Brasil da “Démarche HQE”, da França, sob a coordenação da Fundação Vanzolini (USP, São Paulo), sendo o primeiro processo de certificação sustentável para a construção civil implantando no país com mais de 150 edifícios certificados.

Dirigido para arquitetos, engenheiros civis e ambientais, o curso compreende apresentação teórica, acompanhada de estudos de casos, simulações de auditorias e trabalhos práticos. Cada participante terá oportunidade de vivenciar situações reais de auditoria.

O certificado é emitido pela Fundação Vanzolini.

Ministrante: Eng. Civil Clarice Menezes Degani (UFU-SP, 1998), Doutora em Engenharia de Construção Civil e Urbana (USP-SP, 2010); Auditora Ambiental ISO 14.000 (Fundação Vanzolini, 2004); Formação no Processo AQUA (França, 2004); Consultora Técnica para adaptação dos referencias técnicos do AQUA para o Brasil desde 2007; Auditora AQUA (Fundação Vanzolini, 2008).

Investimento:
Profissionais: R$200,00
Estudante de graduação: R$120,00 (vagas limitadas)

Anexo I – Edital GPEC 001/2014

ANEXO 1

EDITAL GPEC 001/2014

GPEC – Grupo de Pesquisa da Engenharia Civil

 

Os temas propostos para o PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONALDE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROIINC 2015) são:

Tema 1:  Análise do conforto ambiental do campus das Faculdades Integradas do Brasil

Será analisado o campus das Faculdades Integradas do Brasil do ponto de vista do conforto térmico, luminoso e acústico da edificação em seus ambientes interiores e exteriores. Ambientes confortáveis geram ambientes saudáveis para os alunos e aumentam a produtividades de professores e alunos.

Objetivo:

Avaliar, por meio de medições e simulações computacionais, o quanto o ambiente universitário das Faculdades Integradas do Brasil é considerado confortável do ponto de vista térmico, luminoso e acústico. Este estudo também visa propor melhorias com objetivo de obter ou melhorar o conforto interno das edificações estudadas.

Tema 2:  Modelagem de piso tátil

Desenvolvido para projetos de acessibilidade, de acordo com a norma ABNT NBR 9050, o piso tátil possui superfície de relevo, contrastante com o piso adjacente tanto tátil como visualmente, que orientam pessoas com deficiência visual. São formados por placas e aplicados em diversos locais públicos. Com a necessidade de tornar o piso tátil mais acessível às empresas, acredita-se que criar um molde de fácil manuseio e de acordo com a norma vigentes poderia ajudar as empresas a implantarem as placas de maneira mais fácil e econômica.

Objetivo:

Modelar em software dois modelos de placas do piso tátil: Direcional, com linhas longitudinais em relevo para demarcar a direção; e Alerta, formada por superfícies tipo moeda para indicação de mudança de direção a ser seguida. Utilizar três materiais diferentes.

Tema 3: Reciclagem de resíduos na Construção Civil

Com a intensa industrialização, crescimento populacional e aumento de pessoas em centros urbanos, os resíduos se transformaram em um grave problema de gerenciamento oneroso e complexo considerando-se volume e massa acumulados, principalmente após 1980. Os problemas se caracterizavam por escassez de área de deposição de resíduos causadas pela ocupação e valorização de área urbanas, altos custos sociais no gerenciamento de resíduos, problemas de saneamento público e contaminação ambiental.

São benefícios da reciclagem na construção civil: redução no consumo de recursos naturais não renováveis; redução de áreas necessárias para aterro; necessidade da própria reciclagem dos resíduos de construção e demolição, que representam mais de 50% da massa dos resíduos sólidos urbanos; redução do consumo de energia durante o processo de produção, dentre outros.

Objetivo:

Estudar as metodologias existentes de reciclagem de resíduos na construção civil e apresentar as vantagens e desvantagens para as empresas do setor.