Arquivos da categoria: Alunos

INFORMATIVO DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 1º SEMESTRE DE 2018

Prezado (a) Estudante,

A RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA para o 1º semestre de 2018, ocorrerá, conforme o que determina o Estatuto e o Regimento do Centro Universitário Autônomo do Brasil – UniBrasil, e também, com a ADESÃO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS (CPSE).

Ao término do semestre letivo, todos os alunos, regularmente matriculados, são classificados, pelo sistema acadêmico, em dois status, de acordo com a situação acadêmica em que se encontram, a saber: REGULAR e IRREGULAR.

  • Aluno REGULAR é aquele que não possui disciplina pendente, seja ela dependência ou adaptação.
  • Aluno IRREGULAR é aquele que possui disciplinas a cursar em regime de dependência ou adaptação.

Abaixo, especificamos as condições e prazos para a renovação da matrícula dos alunos do UniBrasil – Centro Universitário:

  • I – Poderão renovar a matrícula os ADIMPLENTES com as parcelas do 2º semestre de 2017;
  • II – O período de renovação de matrícula, para os ADIMPLENTES, tanto na condição de aluno Regular ou Irregular, será de: 21/12/2017 a 02/02/2018;
  • III – Os estudantes que efetuarem o pagamento da 1ª parcela da semestralidade até o dia 08/01/2018, conforme calendário financeiro de pagamentos antecipados, gozarão de desconto previsto no CPSE;
  • IV – Os estudantes que efetuarem o pagamento da 1ª parcela da semestralidade após esta data, não gozarão do desconto, conforme previsto no CPSE;
  • V – A data limite para a confirmação da renovação de matrícula é o dia 02/02/2018;
  • VI – A renovação de matrícula realizada após os prazos determinados neste informativo, poderá gerar ônus financeiro, bem como, obriga o estudante a administrar as faltas obtidas, advindas desse procedimento;

 Informações para estudantes que se encontram na condição de REGULARES:

Não terão acesso ao portal do aluno para a renovação da matrícula; O processo de renovação de matrícula é automático, sendo confirmado após o pagamento do boleto da 1ª parcela da semestralidade referente ao mês de janeiro de 2018.

Informações para estudantes que se encontram na condição de IRREGULARES:

Os estudantes que possuem disciplinas a cursar de períodos anteriores em regime de dependência (reprovação) e/ou adaptação, precisam acessar a matrícula on-line no portal do aluno até o dia 21/01/2018 para indicar quais disciplinas deseja cursar em 2018/1.

  • O UniBrasil – Centro Universitário oferece aos estudantes classificados nesta condição, uma proposta de Grade Horária. Para aceitá-la, basta confirmá-la no portal do aluno, e gerar o boleto no valor proporcional ao número de disciplinas indicadas, sendo a matrícula confirmada após a identificação do pagamento.
  • Será possível alterar a grade de disciplinas indicadas para matrícula, desde que, se mantenha dentro das regras de Rematrícula:
  1. alterações na grade de disciplinas para inclusão de dependências ou adaptações, de forma regular ou equivalente devem ser realizadas até o dia 21/01/2018;
  2. o(a) estudante deverá selecionar disciplinas em número equivalente a, no mínimo 12 créditos e, no máximo de 32 créditos no período letivo;
  3. o(a) aluno(a) que não se manifestar através da matrícula on-line até o dia 21/01/2018 declara, desde logo, a aceitar a grade horária/disciplinas sugeridas pelo sistema acadêmico do UniBrasil – Centro Universitário, sendo gerado automaticamente o boleto de janeiro no valor do período regular do curso.
  • As instruções para a seleção das disciplinas estão disponíveis no passo-a-passo, contido no seguinte link: https://portaluni2.unibrasil.com.br/
  • Alterações na grade de disciplinas após a geração do boleto de janeiro será possível mediante requerimento intitulado: Alteração de Matrícula, na Central de Atendimento Acadêmico – C.A.A. (térreo, bloco I) ou acessando Solicitações no Portal do Aluno.
  • Se houver diferenças de valores, referentes à inclusão ou exclusão de disciplinas, serão cobrados/descontados nas parcelas subsequentes a alteração processada na renovação de matrícula.

Regime de Créditos

Em razão da alteração dos Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPC) do UniBrasil – Centro Universitário, o sistema de matrícula passa a ser realizado por disciplinas, utilizando-se o sistema de créditos, sendo a unidade de crédito, ou simplesmente crédito correspondente a 20 (vinte) horas-aula em cada disciplina ou atividade acadêmica.

A matrícula ou rematrícula deverá ser realizada em, no mínimo, ao número de disciplinas equivalentes a 12 (doze) créditos e máximo de 32 (trinta e dois) créditos, salvo aos remanescentes para conclusão de curso, respeitada a sequência de prioridades e exigências estabelecidas no Regimento do Centro Universitário Autônomo do Brasil – UniBrasil.

COMUNICADOS IMPORTANTES SOBRE DESCONTOS, FIES E BOLSAS:

  • Para os pagamentos efetuados até a data limite prevista no calendário financeiro semestral será concedido o abatimento, conforme informado na instrução do boleto, após essa data não gozarão do desconto.
  • Estudantes que possuem o FIES, somente poderão concluir a renovação da matrícula após a validação do aditamento para o 1º semestre de 2018. É necessária a quitação dos juros trimestrais do financiamento para que o(a) estudante conclua o processo de aditamento semestral, e ainda, dependendo da situação do estudante, requerer a dilatação do prazo do financiamento ou a suspensão de semestres anteriores.
  • Os aditamentos serão iniciados pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA do UniBrasil, assim que o prazo for estabelecido pelo Agente Operador do FIES, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, e ainda, após a liberação do sistema SisFIES.
  • Estudante interessado em obter os benefícios previstos no Capítulo IV, da Resolução nº 04/2009-GP que regulamenta a concessão das “bolsas próprias”, deverá protocolar, semestralmente, no período de matrícula ou renovação de matrícula, requerimento próprio, na C.A.A. (Bloco 1, Térreo) acompanhado dos seguintes documentos: a – declaração de ciência e, integral concordância com os termos da Resolução; b – comprovante atualizado de endereço; e, c – outros comprovantes, conforme o caso, para a concessão do benefício.
  • O desconto terá validade a partir do mês subsequente ao mês da solicitação, conforme o prescrito na mencionada Resolução.
  • Havendo dúvidas relacionadas a questões financeiras, favor entrar em contato com o Setor Financeiro, através do e-mail: financeiro@unibrasil.com.br. Se a dúvida estiver relacionada ao FIES, favor entrar em contato com setor responsável através do e-mail: fies@unibrasil.com.br

 AVISOS GERAIS:

ACESSIBILIDADE, UM ASSUNTO ESSENCIAL PARA FUTUROS ENGENHEIROS

Alexsander A. Dybas

Aluno do Curso de Engenharia Civil UniBrasil

aces

Nos dias atuais, as questões de acessibilidade ganham muito mais atenção nos cursos de engenharia civil. Com a Norma NBR9050, os projetos devem prever pisos táteis, sinalização vertical, rampas, dentre outros dispositivos que visam auxiliar os Portadores de Necessidades Especiais para um vida com mais qualidade, porém, ao circular na nossa própria cidade de Curitiba, “A cidade modelo”, percebe-se que a teoria de sala de aula ainda não está presente na vida cotidiana. São inúmeros obstáculos como calçadas com buracos, ausência de rapas, falta de sinalização, etc. Esse é o cenário de Curitiba e da grande maioria das cidades do país que transformam o simples ato de ir e vim uma tarefa bastante difícil para quem possui algum tipo de deficiência ou redução de mobilidade.

Existe uma Constituição federal em forma de lei, que garante a qualquer cidadão, seja ele com deficiência ou não, o direito de acesso, seja em ambientes públicos ou privados.
A lei garante esse acesso, porém, em muitos espaços que deveriam ser exemplo, como os órgãos públicos, a acessibilidade foi deixada de lado. Além disso existe um grande número de prédios que não possuem acessórios básico de acesso, como exemplos elevadores ou rampas, e em alguns casos, quando há, não seguem as normas técnicas.

Como futuros engenheiros, devemos lutar contra os métodos antigos nos quais a acessibilidade foi ignorada ou então não teve sua devida importância.

São muitos fatores que levam uma pessoa a ter deficiência ou dificuldade, como: acidentes, idade, doenças, gravidez etc. Todos estamos propícios a esses casos.

“Um engenheiro não vê o mundo, ele o muda!”